O arquiteto, a arquitetura e qualidade de vida

Neste post pretendo apresentar, de forma breve, a arquitetura como um todo e como ela pode beneficiar na qualidade de vida das pessoas.

Para isso, será inevitável não falar do papel do arquiteto, já que arquitetura, em si, é indescritível por si só. O arquiteto trabalha na tentativa de concretizar os pensamentos humanos.
Partindo do macro, as cidades.
Plano de avenidas para a cidade de São Paulo, proposto pelo prefeito Prestes Maia, entre as décadas de 1920 e 30.
Desde que os humanos começaram a se organizar em grupos, mais tarde chamados de sociedades, é que começaram a pensar em como se organizar nessas sociedades. Hoje temos exemplos de cidades completamente planejadas, orgulho para nós ou não, Brasília está em pé há 50 anos. Isso não significa que cidades que não foram planejadas não tenham a participação de arquitetos. Hoje, arquitetos estudam maneiras de controlar e organizar o crescimento das cidades, propondo soluções para os problemas que afetam a sociedade, como parte ou como todo.
Seguindo para o que é mais próximo das pessoas em si, os edifícios residenciais são, talvez, o produto mais antigo da arquitetura, pois é o abrigo das pessoas. Dentro da categoria dos edifícios, incluem-se ainda os edifícios comerciais, institucionais e industriais, nossos locais de trabalho, ou que nos oferecem serviços, lazer, educação e cultura.
WoZoCo, conjunto habitacional em Amsterdam, projeto da equipe MVRDV.
Uma das práticas mais comuns da atualidade, e provavelmente o assunto que será mais discutido nesta seção, é a arquitetura de interiores ou decoração, como é mais conhecida, onde arquitetos traduzem e transformam o sonho das pessoas em realidade. Seja para uma mudança completa de espaço, seja para desenhar um móvel que se adapte ao espaço disponível. (Lembram sobre o post dos nichos que fiz aqui?)
O arquiteto é responsável por pensar e criar espaços, em ambientes internos ou externos, que atinjam o objetivo solicitado, seja ele reunir pessoas, mantê-las em estado de concentração, gerar uma sensação, marcar um lugar.
Para todos estes ofícios é importante ressaltar que o arquiteto trabalha combinando o desejo das pessoas com propostas de melhoria do espaço sem deixar de pensar no custo-benefício.
Eu sou arquiteta e procuro, sim, valorizar a minha profissão. Arquitetos não servem só para te indicar qual é o melhor material para usar em determinado ambiente. Arquitetos realizam sonhos, e o melhor, te ajudam a realizar do jeito que as pessoas sonham.
=)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s